Guia Escolas de Surf
Guia Escolas de Surf
Guia Escolas de Surf

SurfSchools

Guia Escolas de Surf

O Guia para a melhor escolha

São vários os países privilegiados para a prática de surf, dadas as condições naturais favoráveis - em especial a presença de costa. Mas há que respeitar o oceano e manter a segurança em primeiro lugar. Uma boa escola de surf é sempre recomendada. De norte a sul, há centenas e escolher uma pode ser uma tarefa desafiante. Nós facilitamos a decisão e reunimos um conjunto de critérios para garantir que a tua escolha é a acertada.

  • CERTIFICAÇÃO E LICENCIAMENTO

O registo da escola de surf, assim como a certificação do estabelecimento nas entidades públicas adequadas, são ótimos indicadores de qualidade. No fundo, estes licenciamentos garantem que a escola tem seguros contra acidentes pessoais para os alunos. No site de cada escola, podes procurar o logótipo dessas entidades (que dependem do país onde te encontras). Uma alternativa é ver a lista de escolas registadas em federações, por exemplo. Em Portugal, podes seguir este link para fazeres essa análise.

  • FORMAÇÃO DOS PROFESSORES

Aprender surf torna-se mais seguro quando o professor responsável pelas aulas é qualificado e tem experiência na área. Antes da inscrição, podemos e devemos saber qual é a formação dos instrutores - experiência profissional em Educação Física ou em Desporto, por exemplo, é sempre uma mais valia. A Cédula de Treinador ou a certificação oficial de uma federação ou outra entidade também são uma boa prova de profissionalismo. Para conhecermos os treinadores, podemos recorrer às redes sociais.

  • INSTALAÇÕES FÍSICAS

Ter um website e uma página devidamente atualizada nas redes sociais é um ponto positivo para as escolas, mas um espaço físico, que possa estar aberto ao público, é tão ou mais importante. Além de oferecerem comodidades como casa de banho, duches e zonas para guardar os bens, as instalações físicas podem ser fiscalizadas. Garante-se, assim, que todas as regras são cumpridas. Mais: podes sempre conhecer o espaço e falar diretamente com o responsável para expores as tuas dúvidas.

  • ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DAS AULAS

É importante perceber como funcionam as aulas. As turmas não devem ser grandes (deverão respeitar o rácio de um professor para quatro alunos - cinco, no limite) e deve haver aulas adaptadas a diferentes grupos: crianças, adolescentes e adultos. No caso específico das sessões com crianças, o número de instrutores deverá, idealmente, ser maior. A duração das aulas e a garantia de condições de segurança são, também, aspetos a considerar no momento de decidir.

  • EQUIPAMENTO

Bom equipamento significa, também, aulas de maior qualidade. As escolas devem facultar o material aos alunos e garantir que as regras de higiene são cumpridas. Quer as pranchas, quer os fatos devem estar bem preservados. Se for o caso, o conforto é sempre maior.

  • LOCALIZAÇÃO

Para garantir que a prática de surf se mantém com regularidade, podes e deves apostar nas escolas que fiquem próximas da tua residência. As deslocações tornam-se facilitadas e os gastos de combustível são menores.  


Estes são requisitos que podem ajudar na decisão. Neste link, podes ver a lista de escolas da Deeply. Em diversos pontos de Portugal, Espanha e França, a oferta é variada. E, assim que a inscrição for feita, deixamos o maior desejo: que apanhes as melhores ondas.

Titulo