Sebas Furtado
Sebas Furtado
Sebas Furtado

Interview

Sebas Furtado

Quem é o Sebas?

O Sebas é o Sebastião Furtado, filho de gente que adorava praia, mar, sempre morou em Leça da Palmeira e apaixonado pelo FCPorto. Começa a sua viagem no Surf através do Bodyboad. Com 12 anos, experimenta o surf e nunca mais parou. Começaram os dias inteiros de praia, em Leça da Palmeira com a malta toda (na altura, quase exclusivamente bodyboards) e os Campeonatos Nacionais Esperanças, com os meus treinadores, Marcelo Martins primeiro e, mais tarde, Rui Sá.

Aos 18 anos, inicio-me na faculdade em Gestão de Desporto, com o sonho de entrar no futebol. Abandono a competição e começo a dar aulas de Surf, na Escola Onda Pura. A maioria das aulas eram de adultos iniciados, mas o que mais prazer me dava era o grupo de miúdos que dava o ano todo, quase todos iniciados, mas todos iam evoluindo. Comecei a gostar de me sentir útil para os outros e ajudá-los a superarem-se.

Esse grupo de miúdos foi aumentando e tornou-se no meu full time job. O Sonho pelo futebol passou e só queria ser um bom Treinador de Surf. Iniciei o meu mestrado em Alto Rendimento e fui aplicando nos meus treinos. Hoje em dia, sou Treinador e adoro aquilo que faço. Poder ajudar os outros a conquistarem os seus objetivos é algo extremamente satisfatório.

 

Fala-nos um pouco do teu Projeto “Surf to Win”.

A Surf to Win é um projeto dedicado a todos aqueles que gostam de surf, querem evoluir e já têm um nível, pelo menos, intermédio. Destinamo-nos a crianças, jovens e adultos do nível intermédio ao Alto Rendimento.

Para além dos treinos técnicos de Surf, com gravação e feedback de todas as ondas ou com o apoio do treinador na água, dependendo do nível e das condições do mar. Oferecemos também treinos complementares físicos, na piscina ou funcionais e de skate, com vista à evolução mais rápida por parte de todos.

Mais do que um projeto que só pensa na performance, procuramos proporcionar aos nossos atletas do projeto de formação (crianças e jovens), algumas experiências que procurem desenvolver, não só a parte técnica, como todo o indivíduo. Como é do conhecimento geral, o desporto é um ambiente fantástico para o desenvolvimento de qualquer um. Estar sujeito a regras, saber respeitar os outros (adversários ou não), definir objetivos (de competição ou não), enfrentar desafios, persistir e atingir o sucesso, é uma excelente forma de nos prepararmos para a vida adulta e sabermos lidar com frustrações, controlarmo-nos emocionalmente, competir e ajudar os outros, seja qual for o seu futuro, todas estas situações serão uma realidade.

Para além dos exercícios físicos e específicos para melhorar a sua performance no surf, os nossos surfistas vão tendo experiências que levam para a vida pessoal, tais como planos semanais de estudo, definição de objetivos na escola, entre outros.

O sucesso dos nossos alunos é o nosso sucesso!

Como entrou o Surf na tua vida

O Surf começou bem cedo e o que me deu é tudo aquilo que sou hoje. Ajudou-me a superar desafios, explorar a natureza, deu-me os meus melhores amigos e proporcionou-me uma vida através da qual sou feliz e que quero passar para a minha filha.

É um desporto tão fantástico que pode ser vivido pela competição como qualquer outra modalidade, mas como uma forma de ser e de estar que tanto nos caracteriza.

 

Como foi a tua entrada no mundo Deeply?

Por incrível que pareça, a deeply foi o meu primeiro patrocínio no seu ano de fundação. Na altura, mais direcionada para a Vela. Depois fui tendo outros patrocínios, mas voltei a juntar-me a esta equipa aos 16 e mais tarde aos 27, até então. Sempre tive especial estima por ser uma marca da minha terra e a qual vi crescer muito nestes últimos anos. Passou agora por uma reconfiguração, mas o projeto parece ser espetacular e terá, com certeza, muito sucesso.

A Deeply já é uma marca nacional que respira surf.

 

O que achaste do teu primeiro Deeply Together?

Foi um momento fantástico de convívio entre a comunidade, na água e em terra. Somos pessoas com trajetos diferentes de vida, mas todos temos o surf em comum. Um pouco da imagem do que é a Deeply. A partilha entre todos é super interessante e de onde poderão surgir excelentes ideias que contribuirão para o surf.

Titulo